ABORTAMENTO
O aborto é definido como a interrupção espontânea ou induzida da gravidez antes do bebê conseguir sobreviver fora do útero. Pela OMS, o aborto é definido como a interrupção da gestação abaixo de 20 semanas e com o feto pesando menos de 500g.
  • A incidência do aborto espontâneo varia entre 10 a 20% das gestações e cerca de 80% desses abortos ocorrem no primeiro trimestre da gestação.
  • As principais causas de aborto são as malformações fetais (60%), infecções da mãe, alterações hormonais, fatores imunológicos (produção de anticorpos contra o bebê), trombofilias (tendência a trombose) e alterações anatômicas.
  • O tratamento do aborto pode ser feito de forma expectante por até 4 semanas, esperando que o próprio organismo da mulher cause a eliminação espontânea, ou de forma ativa com a curetagem ou o esvaziamento uterino com o AMIU.
A probabilidade de uma mulher sofrer um novo aborto após o seu primeiro é igual a qualquer mulher que nunca abortou (10 a 20%). Quando uma mulher possui dois ou mais abortos, consideramos que ela possui um maior risco de outro abortamento e necessita de uma investigação mais detalhada com exames complementares.

© 2013 por Teshima. Todos os direitos reservados. Autorizado a publicação parcial do site desde que contenha a citação. 

Equipe médica

Segunda a sexta 7:00 - 20:00

Sábado                 7:00 - 12:00        

Endereço

Rua Mato Grosso 306 cj 910 e 911

Higienópolis, São Paulo - SP

05021-000

Tel (11) 2613-7730 - 2307-0412

Whatsapp (11) 94715-4335

Horário de atendimento

Localização

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

Tratamentos

Vídeo Laparoscopia

Histeroscopia

Pré Natal

Anticoncepcionais

Pediatria

Reumatologia Pediátrica

Endocrinologia Pediátrica