top of page

Sobre a recidiva dos miomas

49B34BCF-1C92-4ACF-B4B2-B37658983019.png

É certo que os miomas são tumores benignos e acometem muitas mulheres em idade reprodutiva. Mas, uma das grandes preocupações é a recidiva. Sim, você não leu errado, parte das mulheres operadas por miomas (miomectomia) pode ter o aparecimento de novos miomas após alguns meses ou anos.

Os miomas já retirados não voltam, mas a paciente pode apresentar novos miomas, na mesma localização dos anteriores ou em outros locais. Em alguns casos, pode-se confundir o aparecimento de novos miomas com aqueles que não foram identificados durante a cirurgia e portanto, não foram retirados.

Alguns estudos mostram uma taxa de recidiva de até 80% em 5 anos, principalmente naquelas pacientes com múltiplos miomas. Parece que, a paciente com vários miomas, tem uma predisposição genética para o ressurgimento de novas lesões mesmo após a cirurgia de miomectomia.

 

Portanto, o principal fator de risco para recidiva parece estar relacionado ao número de miomas prévio à cirurgia. A idade, a localização dos miomas e a alimentação podem influenciar, mas de modo menos determinante.

Costumo dizer que a cirurgia de miomectomia posterga a retirada do útero para algumas mulheres, dando o tempo e a chance necessários para uma gravidez. Portanto, se você tem miomas, fez uma miomectomia e pensa em engravidar, assim que estiver liberada pelo seu ginecologista, comece as tentativas. Desta maneira, mesmo se os miomas recidivarem e houver a necessidade de uma nova cirurgia, você já conseguiu engravidar.

 

 

bottom of page