INCOMPETÊNCIA CERVICAL
A​​ incompetência cervical é a incapacidade do colo uterino de se manter fechado até o final da gravidez, que pode ser causado por alterações próprias do colo ou adquiridas.

A incidência da incompetência cervical é de 0,1 a 1,8% de todas as gestações e é responsávell por até 25% dos abortos em idade gestacional mais avançada.

Das causas adquiridas, ocorre mais frequentemente por dilatações do colo nos procedimentos de curetagem uterina e nas ressecções de parte do colo em mulheres com HPV.

Já nas alterações próprias do colo do útero, destacam-se malformações em geral, alterações do colágeno e presença de miomas ou outros tumores próximos ao colo.

O diagnóstico é feito de acordo com a história de perdas fetais de repetição no segundo trimestre (12 a 20 semanas) ou partos prematuros extremos (21 a 32 semanas). Além do diagnóstico clínico, podemos fazer o diagnóstico pelo exame de ultrassom, medindo o comprimento do colo. Quando o comprimento for menor do que 25mm, ou a presença de dedo de luva (invaginação da bolsa no orifício interno do útero, temos o diagnóstico de incompetência cervical.

O tratamento é realizado pela cirurgia de circlagem, preferencialmente entre a 12 e a 16 semana de gestação. Além do uso de uma progesterona natural e repouso relativo.

© 2013 por Teshima. Todos os direitos reservados. Autorizado a publicação parcial do site desde que contenha a citação. 

Equipe médica

Segunda a sexta 7:00 - 20:00

Sábado                 7:00 - 12:00        

Endereço

Rua Mato Grosso 306 cj 910 e 911

Higienópolis, São Paulo - SP

05021-000

Tel (11) 2613-7730 - 2307-0412

Whatsapp (11) 94715-4335

Horário de atendimento

Localização

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

Tratamentos

Vídeo Laparoscopia

Histeroscopia

Pré Natal

Anticoncepcionais

Pediatria

Reumatologia Pediátrica

Endocrinologia Pediátrica