PÓLIPO ENDOMETRIAL

O pólipo endometrial é uma hiperplasia focal (espessamento) do endométrio, podendo ser visualizado pela ultrassonografia e histerossalpingografia. Sua incidência varia de 9 a 23%, sendo mais freqüente após os 40 anos de idade.

Geralmente são únicos (80%) ou múltiplos (20%). Estão associados ao câncer de endométrio em 12% dos casos e ao mioma em 40%.

Mulheres com pólipo endometrial podem ser assintomáticas na maioria dos casos. Quando apresentam sintomas, o principal é o sangramento vaginal anormal.

O tratamento do pólipo endometrial é a histeroscopia cirúrgica, que é realizada em ambiente hospitalar sob anestesia. Utiliza-se uma micro camêra com uma alça de ressecção na ponta para a exérese do pólipo.

Realiza-se o procedimento pela manhã e no mesmo dia a paciente já recebe alta, para que continue o acompanhamento ambulatorial.