MIOMAS NO ÚTERO

Os miomas são nódulos benignos que podem aparecer por todo o útero. Cerca de 1 a cada 4 mulheres podem ter o diagnóstico de mioma visto por uma ultrassonografia de rotina.


Estima-se que 50% das mulheres apresentarão miomas em alguma fase da vida.


O mioma é dependente do estrogênio para o seu crescimento e portanto, pode ocorrer após a puberdade, atingindo o seu pico de incidência na quarta década de vida, regredindo no período da menopausa.


A causa ainda é desconhecida, porém sabe-se que existe uma predisposição genética para o seu aparecimento.


Existe basicamente 3 tipos de miomas a depender da sua localização:


- subseroso: localizam-se na parte mais externa do útero e geralmente crescem para fora do útero. Somente causam problemas se o seu tamanho for muito grande, já que podem comprimir outros órgãos adjacentes. Dificilmente causam aumento do sangramento vaginal. A cirurgia pode ser indicada principalmente em miomas submersos grandes.


- intramural: é o tipo de mioma mais comum, cresce dentro do miométrio (camada muscular do útero) e é responsável pelo aumento global do útero. Geralmente provocam sangramento menstrual aumentado e dores pélvicas. O seu tratamento deve ser individualizado, dependendo do seu tamanho e da sintomatologia da paciente.


- submucoso: é o tipo de mioma que mais causa infertilidade e pode causar um sangramento vaginal de difícil tratamento. Localizam-se na camada mais profunda do útero, ao lado do endométrio, causando uma deformação local (daí ser responsável pela infertilidade). O tratamento do mioma submucoso é sempre cirúrgico com o auxílio da histeroscopia.

Os miomas podem ser únicos ou múltiplos, grandes ou pequenos e podem ser retirados por cirurgia convencional aberta (corte de cesárea) ou por video laparoscopia.


A miomectomia é a retirada dos miomas e preservação do útero e pode ser realizada em mulheres com desejo reprodutivo. Já a histerectomia é a retirada do útero com os miomas e é recomendada em mulheres que já possuem prole constituída.


Converse com o seu ginecologista para saber a melhor opção de tratamento para o seu caso.






#mioma #miomatose #infertilidade #histerectomia #miomectomia

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags