TORÇÃO DE OVÁRIO

A torção de ovário é uma doença que pode acometer todas as mulheres, principalmente aquelas que apresentam um cisto no ovário. Normalmente, mulheres com cistos hemorrágicos ou teratoma, são as mais propensas a sofrer a torção devido ao aumento do peso do órgão.

Os principais sintomas da torção ovariana são a dor intensa em região do baixo ventre e o início súbito. Muitas vezes, confirmada pela ultrassonografia de urgência com ausência de fluxo ao doppler colorido.



O tratamento da torção ovariana é sempre por cirurgia. Preferencialmente, devido a recuperação mais rápida e por ser menos invasiva, indicamos a vídeo laparoscopia.

Em alguns casos, conseguimos manter o ovário e distorce-lo, porém, na grande maioria dos casos, a retirada do ovário torcido é o tratamento de escolha. Principalmente, nos casos de torção sem o diagnóstico imediato e que já apresentem extensa área de necrose (tecido morto).

É relatado na literartura casos de torçao de ovário bilateral (ambos os lados), porém é extremamente raro.



Apesar de perder um dos ovários na cirurgia, a capacidade de engravidar se mantém devido ao outro ovário e a manutenção do útero e a paciente não entra em menopausa.