ULTRASSOM MORFOLÓGICO
Existem basicamente 2 exames de ultrassom morfológicos para serem realizados durante a gestação. O primeiro é realizado entre a 11a. e a 14a. semana e visa a medida da translucência nucal (TN).
Sabe-se que se a TN for maior do que 2,5mm existe uma probabilidade do bebê ser acometido pela síndrome de Down (trissomia do cromossomo 21). Para a confirmação do diagnóstico, recomendamos a análise da proteína plasmática associada a gravidez (papp-a). Ela é uma proteína placentária que aparece em concentrações diminuídas em gestações de fetos com a síndrome de Down. Após a 14a semana, a dosagem da papp-a perde a sua utilidade.

Outro exame complementar a papp-a é a fração livre do BHCG. Bebês com síndrome de Down causam a elevação deste marcador no sangue da mãe chegando até a praticamente o dobro do valor normal.
O segundo ultrassom morfológico é realizado entre a 20a e a 24a semana de gestação e visa confirmar os achados do primeiro morfológico e visualizar todas as estruturas internas e externas do bebê.

Procure sempre realizar os exames de ultrassonografia em locais confiáveis, respeitando a idade gestacional adequada para a sua realização. Sempre procure o seu obstetra para esclarecer qualquer dúvida.